Blog

Escolher alguns itens da casa é um desafio e tanto, ainda mais se tratando de itens que não serão trocados com facilidade, como é o caso dos pisos.

Existe uma infinidade de opções de pisos que podem ser utilizados nos diferentes ambientes da casa, e um dos mais comuns é o piso cerâmico.

No entanto, um tipo de piso que vem ganhando espaço e o coração tanto dos arquitetos, quanto de quem está construindo ou reformando, é o piso vinílico, que atualmente é um dos mais procurados.

O motivo de tamanho sucesso são os diferentes benefícios que esse piso oferece, além das facilidades de cuidado e manutenção.

Mas afinal, o que é piso vinílico?

Ele é feito de clorometano ou policloreto de vinila (PVC). Pode ser encontrado no mercado na forma de placas, réguas ou mantas.

As placas são muito utilizadas em grandes ambientes. Já as réguas são mais comuns em residências, escritórios e pequenos ambientes. As mantas são geralmente vendidas em rolos, ideais para corredores ou ambientes com grande comprimento

Esse produto possui dois tipos mais comuns: o homogêneo ou heterogêneo, sendo o primeiro uma combinação de PVC, minerais e plastificantes, que formam uma massa única para a fabricação do piso. Esse tipo de piso tem a vantagem de não apresentar nenhuma diferença visual causada pelo desgaste. A cor permanece a mesma independente do tamanho do desgaste do piso.

No caso do heterogêneo, são quatro camadas distintas: a primeira é a base compacta, a segunda dá estabilidade dimensional, a terceira forma o aspecto visual e a última é a chamada camada de desgaste. Seu grande benefício é oferecer uma vasta variedade de desenhos e é o modelo mais encontrado em ambientes com um apelo estético maior, como residências e escritórios. Porém, em comparação ao tipo homogêneo, o desgaste pode ficar mais visível, já que podemos ver a diferença entre as cores das camadas subsequentes.

Como falado, o produto apresenta diferentes vantagens, sendo elas a questão da sustentabilidade, já que é feito de material reciclável na maioria dos casos; custo-benefício com um valor bem acessível no mercado, grande durabilidade e fácil instalação; visual, uma vez que possui cores que vão das vibrantes e até as mais neutras semelhantes à madeira; reaproveitamento, já que o formato de régua poderá ser reaplicado em outro ambiente, no caso de mudança, por exemplo; resistência, anti-chamas, fácil limpeza também são vantagens destacadas nesse produto. Além disso, o piso vinílico é considerado antialérgico, tem proteção contra fungos, bom desempenho acústico e oferece conforto térmico.

Fala sério, são muitas vantagens em um único produto, não é mesmo?

O produto não demanda muitos cuidados especiais, ele suporta água, em baixa quantidade, não risca com tanta facilidade, apesar de ser indicado tomar cuidado ao arrastar móveis sob ele.

Para instalar o vinílico, o contrapiso precisa estar seco, limpo e nivelado. É recomendado que seja feito por um especialista, mas com certeza não te dará grandes dores de cabeça!

E aí, curtiu essa dica para deixar sua casa ainda mais elegante, confortável e completa?

Deixe uma resposta