Blog

Já falamos aqui no blog sobre muitas questões relacionadas à compra de terrenos para construção de um imóvel, e é claro que buscar um bom preço, localização, infraestrutura e financiamento são preocupações de todos aqueles que estão prestes a adquirir um lote urbano.

Mas existe uma etapa que não pode ser ignorada pelos futuros proprietários: a organização dos documentos para compra de terreno para evitar surpresas ao longo do processo.

Durante as pesquisas para compra do terreno, é normal que o futuro proprietário faça uma pesquisa com imobiliárias, corretoras de imóveis e loteamento e construtoras.

Por isso, é importante estar ciente dos documentos que você deve conferir de quem irá te vender o terreno. Afinal, é por meio deles que você saberá se o lote está regularizado e pronto para construir. Entre os principais estão:

  • Certidão do registro do imóvel (matrícula)

Documento disponível no Cartório de Registro de Imóveis, que certifica a legalidade e oferece os principais dados da propriedade.

  • Certidão negativa de ônus

Indica que a área não tem nenhum tipo de ônus, como penhora ou hipoteca. Também é encontrado no Cartório de Registro de Imóveis.

  • Certidão negativa de débitos tributários municipais

Comprova que não existem débitos em aberto do imóvel no município. É obtido diretamente com a prefeitura.

  • Certidões negativas de débito estadual e federal

Certifica que o proprietário ou a incorporadora do loteamento não possui débitos pendentes. São emitidos respectivamente pelas receitas estadual e federal.

Além de conferir esses documentos, você deve estar preparado com os seus documentos em dia, também.

Em geral, os documento exigidos do comprador são:

  • Documento de Identidade e CPF;
  • Certidão de nascimento e casamento (a depender do estado civil);
  • Comprovante de residência ou endereço;
  • Comprovante de renda ou análise de crédito.

Além de estar atento aos documentos exigidos e na regularidade do terreno, é muito importante prestar atenção aos detalhes do contrato de compra e venda.

No contrato estarão os detalhes da negociação, bem como as condições de compra.

Os principais pontos que devem ser analisados são o valor da propriedade, valor de entrada, parcelas e os juros, caso tenha, forma de pagamento e índice de correção.

Além dos itens do quesito pagamento, outros itens que merecem atenção no contrato são: as despesas que ficarão sob responsabilidade do comprador e do vendedor, o local exato do terreno dentro do loteamento, as metragens e demais características da área e a declaração das restrições urbanísticas do loteamento.

De qualquer forma, é sempre importante uma leitura detalhada desse contrato e análise de todos os itens.

Com tudo isso em ordem, é só desfrutar da conquista e do investimento feito.

Deixe uma resposta