Blog

Se tem uma escolha que divide opiniões é: morar ou não em condomínio? Claro que, assim como tudo na vida, existem as vantagens e desvantagens dessa escolha.

Viver em comunidade exige algumas adaptações e, também, um dos fatores que pende para o lado das desvantagens de morar em condomínio é o custo.

No entanto, vamos te mostrar neste texto como as vantagens de escolher um local seguro e confortável para morar são muito maiores.

Segurança

Essa sem dúvidas é a principal vantagem de morar em um condomínio. Ter uma portaria e controle de entrada e saída de pessoas dentro da área comum da sua residência, garantem uma vida mais tranquila e segura para você e sua família.

As áreas comuns são bem iluminadas, tornando o ambiente menos propício para ação de criminosos. Em muitos empreendimentos, o investimento em um sistema de segurança completo, como portões eletrônicos e câmeras de monitoramento, reforçam ainda mais esse quesito.

Manutenção

Morar numa casa com grande espaço e sem espaços de área comum, faz com que os afazeres de manutenção sejam mais frequentes.

Viver em um empreendimento condominial tira a sua obrigação e responsabilidade da manutenção das áreas comuns, em geral, quem cuida desse quesito é o zelador. E como os gastos são divididos entre os condôminos, os custos acabam sendo menores do que para quem reside em casas independentes.

Privacidade

Morar em casa significa ouvir frequentemente aquelas palmas no portão independente do motivo. Em um condomínio, você terá mais privacidade e não será pega de surpresa com alguém batendo em sua porta sem que a portaria solicite a entrada do visitante. Dessa forma, os moradores são incomodados o mínimo possível.

Lazer

Um grande atrativo dos condomínios é a estrutura de lazer que ele oferece. Ter um espaço para caminhar, se exercitar, tomar sol e socializar no dia a dia faz toda a diferença na nossa saúde e bem-estar!

Além disso, em muitos casos é possível ter ainda mais opções de lazer do que se teria morando em uma casa fora de um condomínio. Quem não gosta de se divertir, não é mesmo?

Amizades

Como as áreas de lazer são compartilhadas, o ambiente do condomínio propicia um maior convívio entre os vizinhos, fazendo com que eles se conheçam mais e aumentem o círculo de amizades entre famílias.

As crianças costumam tirar bom proveito disso, pois podem se divertir com seus colegas nas áreas comuns do condomínio de forma segura e em um ambiente familiar.

Regras

Para assegurar a boa convivência, existe a convenção de condomínio. É nela que ficam estabelecidas as regras de uso das estruturas comuns. Algumas delas, por exemplo, são as determinações a respeito da lei do silêncio. Você sabe o que isso quer dizer? Adeus barulho fora de hora!

Qualidade de vida

Todos os itens acima são fatores que melhoram a qualidade de vida de uma família e diminuem o estresse, também.

Morar em um condomínio garante que você possa curtir ainda mais seu lar, com menos preocupações e dores de cabeça.

Valorização do imóvel

Quando se trata de dinheiro, apesar do custo mensal de morar em um condomínio, você vai se surpreender quando perceber o quanto seu imóvel valoriza por estar localizado dentro de um espaço seguro.

Além disso, ter as estruturas bem cuidadas é um dos principais aspectos que auxiliam nessa valorização. Não à toa, é para a limpeza e manutenção que a maior parte da taxa condominial é destinada.

Outro fator importante é a localização. Condomínios construídos em áreas de expansão urbana têm maior potencial de valorização, pois, conforme a rede de comércios e serviços do entorno se expande, o imóvel se valoriza.

E aí, está convencido que morar em um condomínio é uma opção muito vantajosa?

Deixe uma resposta