Blog

Quem é que não quer ter o sonho de conquistar a casa própria realizado? Esse é um objetivo que não tem idade para ser alcançado. Ter em mãos a chave do seu próprio imóvel é uma sensação única e muito especial!

O que acontece é que muitos adultos acabam adiando esse sonho em prol de outros gastos como saúde, educação dos filhos, e muito mais, e quando se torna viável comprar o imóvel próprio, já estão sem requisitos para financiar um imóvel, seja pela renda, idade ou aposentadoria.

Diante dessas situações, é possível financiar um imóvel?

A resposta é que sim, pessoas aposentadas podem sim ter o financiamento aprovado para compra de um imóvel. O financiamento imobiliário não possui um processo diferente para os aposentados. Todo aposentado precisa comprovar renda e ter o crédito analisado pelo banco. Porém, alguns pontos importantes devem ser analisados com atenção, garantindo, assim, um bom planejamento e o cuidado com os imprevistos.

Na hora de financiar o imóvel, algumas regras são importantes e o prazo para quitação é uma delas. Normalmente, um financiamento imobiliário pode ser quitado em até 420 vezes, 35 anos. Mas, o número de parcelas é diferente para quem possui mais de 60 anos. Para essa idade, o prazo máximo de pagamento é de 20 anos, que somam 240 prestações. Já para pessoas com mais de 70 anos, o financiamento é feito em até 120 parcelas, 10 anos.

Ou seja, ainda que o financiamento seja possível, quanto maior a idade, menor o prazo de pagamento e mais caras as parcelas, também!

Esses prazos são pré-definidos e considerando como base a expectativa de vida dos brasileiros, que é em média de 76 anos.

Em relação aos juros, não há uma regra definida e as taxas variam de acordo com a instituição bancária e a construtora, também.

É importante fazer uma pesquisa detalhada sobre essas condições e buscar pela que se encaixa no seu orçamento e planejamento.

Outro item que está presente entre as taxas de juros do financiamento imobiliário é o Seguro de Morte e Invalidez Permanente (MIP). Além de ser obrigatório, esse seguro funciona como garantia para os financiadores. O valor do MIP também é influenciado de acordo com a idade, ou seja, quanto maior for a idade, maior será o valor.

O valor disponível para que aposentados façam financiamento depende da renda, além do valor de entrada do imóvel, se há saldo de FGTS, se há renda complementar de outras pessoas, entre outros fatores.

Em geral, é possível financiar até 80% do valor do imóvel, desde que as parcelas não comprometam mais do que 30% da renda da casa.

Lembramos que o mercado oferece diferentes financiamentos, incluindo programas habitacionais do Governo Federal, além dos próprios bancos e as construtoras. O importante é buscar qual melhor opção para seu perfil. E aí, animado para ir em busca do seu sonho?

Deixe uma resposta