Blog

Cuidar do lar é um prazer para muitas pessoas. Esses cuidados podem ser com a decoração, renovação de ambientes e até em algumas escolhas que trazem, além de satisfação com sua casa, muita economia e sustentabilidade para o meio ambiente

Atitudes conscientes e bastante simples, incorporadas ao dia a dia da casa podem ser grandes aliados para esses benefícios.

Separamos 9 hábitos que podem ser adotados em sua casa e que, certamente, farão toda a diferença.

  • Reciclagem

Apesar de parecer óbvio, reciclar é uma das atitudes mais sustentáveis possíveis para ter como hábito em casa.

Somos 7 bilhões de habitantes no planeta, mas geramos 1,4 bilhão de toneladas de lixo por ano. Só no Brasil, são 76 milhões de toneladas de lixo, dos quais apenas 3% são reciclados. No entanto, pelo menos 30% de tudo o que vai parar nos lixões poderia se transformar em algum produto útil.

Para reciclar você deve estar atento na hora da separação entre os papéis, plásticos, vidros e metais. Quando separados, leve esse tipo de material para uma coleta seletiva em sua cidade.

  • Use menos descartáveis

Seguindo a mesma ideia da reciclagem, reduzir o consumo e descarte de embalagens é essencial para desperdiçar menos lixo no meio ambiente, bem como a economia financeira.

Escolhas como utilizar squeezes, potes reutilizáveis, sacolas ecológicas, entre outros itens que substituam os objetos descartáveis.

  • Aparelhos na tomada

Apesar de parecerem inofensivos, aparelhos ligados na tomada, ainda que em stand-by, podem representar até 12% do total da conta de energia elétrica da casa. Retirar os aparelhos da tomada é uma atitude simples mas que pode fazer a diferença no final do mês. Revisar os aparelhos ligados desnecessariamente vale para períodos de viagem e, também, para o dia-a-dia. A luzinha vermelha acesa, mesmo com o aparelho desligado, representa um gasto silencioso de energia elétrica.

  • Lâmpadas da casa

Você pode substituir as lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou de LED e, além de economizar no final do mês, utiliza um produto com menos metais pesados.

Isso significa que a luz fluorescente ou de LED consomem apenas 8W para fornecer a mesma luminosidade de uma incandescente de 60W e duram 40 vezes mais.

  • Geladeira e freezer

Fique atento para posicionar sua geladeira e/ou freezer em locais que estejam distantes de objetos quentes ou que transmitam calor, como forno e fogão, e até mesmo de locais com incidência solar. Esses fatores geram calor no eletrodoméstico, fazendo com que o termostato tenha que trabalhar mais para manter a temperatura ideal.

  • Ar-condicionado

Apesar de ser muito necessário em alguns momentos, esse eletrodoméstico é grande responsável pelo alto consumo de energia. Quando o ar-condicionado não possui tecnologia Inverter, por exemplo, acabam emitindo muitos gases poluentes e aumentando os gastos de energia. Uma solução é substituir esses aparelhos antigos por novos, ou até mesmo portáteis, além do bom e velho ventilador.

  • Reuso de água

Reutilizar água é uma das atitudes mais sustentáveis e que geram grandes economias. A da máquina de lavar, água da chuva e até do ar condicionado, por exemplo, podem ser reaproveitadas para lavar carro, varandas entre outros.

  • Tenha plantas em casa

Além de decorar e deixar o ambiente mais cheio de vida, as plantas também são uma atitude sustentável que podem ajudar você a economizar. Elas ajudam a controlar o microclima local, tornando a temperatura dos ambientes mais agradáveis, reduzindo a necessidade de refrigeração artificial, economizando, assim, energia. Além disso, elas ainda ainda contribuem para melhorar a qualidade do ar através da fotossíntese

  • Decoração

Também é possível ser sustentável na decoração da sua casa! Aposte no consumo consciente e aproveite objetos e móveis antigos, de família ou de brechós, que além de tudo são grandes tendências da decoração.

Além de economizar dinheiro, você está dando uma nova vida e utilidade para um objeto que poderia ser descartado e demoraria anos para se decompor no meio ambiente.

Vale ressaltar o uso de materiais naturais, que também colabora com o meio ambiente, por serem biodegradáveis.

Escolher atitudes como essas no dia-a-dia, ajudam a fazer uma enorme diferença na saúde do planeta, além de ser bem positivo no custo mensal. Que tal adotar algumas dessas dicas e ser mais sustentável em seu lar?

Deixe uma resposta