Blog

Morar em um país tropical é reclamar de calor e frio o tempo todo. Nada mais confortável do que saber que o frio está forte e dentro de sua casa você consegue estar aquecido, e, no verão, mesmo quando o sol está forte, dentro de casa você pode sentir um frescor que alivia toda sensação de quentura que é frequente em nosso país.

Para ter tudo isso dentro de casa, é indispensável pensar em técnicas que ofereçam conforto térmico para seus ambientes tanto em dias frios, quanto em dias quentes.

Existem duas formas de proteger sua casa das sensações de temperatura extremas: ou durante a construção, com opções de materiais e tecnologias que auxiliem nesse conforto, ou, uma forma mais econômica e prática, que é possível implementar em sua casa a qualquer momento, adaptando cada espaço para receber esse conforto em qualquer temperatura.

Vamos te ajudar com essa segunda opção, sendo possível agora mesmo melhorar o conforto térmico de seu lar e se preparar para o inverno que está logo ali!

Escolher os objetos, cores e móveis corretos, já vai oferecer para você e seus familiares uma sensação incrível em relação à temperatura de sua casa, pequenas alterações fazem toda a diferença.

Confira agora algumas adaptações para sua casa ter mais conforto térmico!

  • Tons neutros

Não é novidade que as cores são grandes responsáveis por uma maior ou menor absorção de calor. Elas, sem dúvidas, possuem grande impacto no conforto térmico de uma casa.

Cores de tons neutros refletem a luz, garantindo um ambiente mais iluminado e aconchegante e, justamente por não absorverem calor, tornam o ambiente mais fresco.

É possível optar por essa escolha das cores na pintura dos ambientes e nos objetos que componham aquele espaço, até mesmo sendo possível reformar móveis para torná-los com cores claras.

Os tecidos também influenciam na temperatura do ambiente, escolha objetos com tecidos mais leves e frescos, se for possível optar por capas, você pode trocá-las no inverno, por exemplo.

  • Plantas na decoração

Essa técnica é simples mas muito eficiente. Ter plantas dentro de casa minimiza, e muito, a sensação de calor. Além disso, são capazes de elevar a umidade do ar, trazer vitalidade e beleza

Ao distribuí-las pelo imóvel, você forma corredores de ar fresco e mantém seu lar arejado por mais tempo nos dias de calor.

  • Tapetes e cortinas

Ter tapetes e cortinas em sua casa é uma forma muito eficiente de oferecer mais conforto térmico para seus ambientes. Além de serem parte da decoração, oferecendo também um design mais agradável, são recursos excelentes para diminuir o impacto tanto do calor quanto do frio.

No inverno, esses itens fazem com que você não precise pisar tanto em pisos gelados, diminuindo a sensação de frio para seu corpo. Alguns tecidos coringas são capazes de minimizar também a sensação de calor durante o verão.

Já as cortinas, são ideais para reduzir a entrada de calor e luz. Nos dias quentes, use-as também para reter as temperaturas reduzidas da noite dentro dos ambientes, deixando as janelas e cortinas abertas durante a noite para refrescar, e fechando as cortinas para impedir a entrada de calor pela manhã, mantendo, assim, a casa fresquinha. Quando estiver frio, faça o contrário e otimize o aproveitamento da luz do sol.

  •   Móveis e objetos

Pode parecer bobagem, mas a distribuição dos móveis e objetos da casa podem fazer toda a diferença no conforto térmico dela.

No calor, você pode optar por dispor os móveis e objetos de uma maneira espaçada. Isso melhora a circulação de ar e cria uma sensação de frescor, diminuindo a impressão de que o cômodo está abafado.

No frio, essa disposição pode mudar para que alguns móveis fiquem próximos, diminuindo a área livre para circulação de frio, dando uma sensação de aconchego.

Não se esqueça de procurar sempre inspirações na internet e experimentar vários layouts, analisando como eles impactam o conforto térmico em casa.

Com bom gosto e criatividade, não tem como sua casa não ser o melhor lugar do mundo!

Deixe uma resposta